fechar
Quais são as etapas do desenvolvimento infantil?

Quais são as etapas do desenvolvimento infantil?

  • 30 de agosto de 2021
  • Postado por: Toctoctoc

Acompanhar as etapas e contribuir para o desenvolvimento infantil são tarefas muito importantes que cabem aos pais ou outros responsáveis. Os objetivos são assegurar que os pequenos cresçam com saúde física e mental e levem esses aprendizados para toda vida.

Independentemente de quais sejam, todas essas etapas envolvem aprendizado de conhecimentos indispensáveis para uma vida psicossocial plena, como o domínio da língua, a desenvoltura nas tarefas mecânicas e o controle emocional.

Para que saibam lidar com os diferentes desafios que surgem em cada uma das fases do desenvolvimento infantil, é preciso que os cuidadores conheçam quais são elas e suas características.

PRIMEIRA INFÂNCIA

A primeira infância é o período que vai do nascimento até os primeiros cinco anos de vida do ser humano. Trata-se de uma fase em que as descobertas do mundo externo são essenciais para que o menor se integre à sua realidade e crie laços afetivos com os familiares.

Sendo assim, até o quinto ano, a criança deve desenvolver as habilidades básicas para o dia a dia, como andar, falar e expressar suas emoções e seus sentimentos de maneira equilibrada.

FASE PRÉ-ESCOLAR

Dos cinco aos seis anos, a criança vive a fase pré-escolar, quando tem o primeiro contato com outras crianças e adultos fora do seu núcleo familiar. Essa é uma das etapas do desenvolvimento infantil em que as habilidades motoras são aperfeiçoadas, incluindo, por exemplo, o aprendizado da escrita, do desenho e da prática de esportes.

Também é um período em que a relação familiar pode ser decisiva para a área emocional e sentimental e refletir até mesmo em como o pequeno lidará com sua própria sexualidade e relacionamentos amorosos na vida adulta.

PERÍODO DE LATÊNCIA

A partir dos seis anos, o pequeno entra na segunda infância, chamada de período de latência. Essa pode ser uma das etapas do desenvolvimento infantil de maior conflito entre filhos e cuidadores.

Isso porque se trata de um período em que a criança está aprendendo a conviver com suas frustrações e realizações, tendo reações extremamente negativas quando contrariada.

PUBERDADE

Dos dez aos 18 anos, o indivíduo passa pela puberdade e adolescência, estágios em que os hormônios começam a agir para prepararem o corpo e a cognição para a vida adulta. Nessa fase, o conflito afetivo ainda pode ser marcante, mas tende mais para os relacionamentos amorosos, enquanto aspectos sociais e intelectuais se fortalecem.

O salto no amadurecimento socioemocional é uma das últimas etapas do desenvolvimento infantil e serve para marcar a finalização desse ciclo, deixando para trás os comportamentos de criança para dar lugar a decisões importantes, como a escolha de uma universidade e a procura por emprego.

PIAGET

Para o psicólogo, biólogo e epistemólogo suíço Jean Piaget, o desenvolvimento dos processos de pensamento e estados mentais do ser humano passa por quatro fases desde o nascimento até a vida adulta: sensório-motora, pré-operacional, operacional concreta e operacional formal

A fase sensório-motora é o período entre o nascimento e os dois anos de idade durante o qual o conhecimento da criança sobre o mundo é limitado às suas percepções sensoriais e atividades motoras. Os comportamentos são limitados a respostas motoras simples causadas por estímulos sensoriais.

Por sua vez, a fase pré-operacional engloba as idades de dois a seis anos em que as crianças aprendem a usar a linguagem. Nesse período, elas ainda não entendem a lógica concreta, não podem manipular mentalmente as informações e são incapazes de considerar o ponto de vista de outras pessoas.

A fase operacional concreta é o período que se estende dos sete aos 11 anos durante o qual as crianças obtêm uma melhor compreensão das operações mentais. Elas começam a pensar logicamente sobre eventos concretos, mas têm dificuldade para entender conceitos abstratos ou hipotéticos.

E a fase operacional formal engloba o período que vai dos 12 anos até a idade adulta, quando as pessoas desenvolvem a capacidade de pensar sobre conceitos abstratos. É quando também surgem habilidades como pensamento lógico, raciocínio dedutivo e planejamento sistemático.

Deixe um comentário

Seu comentário será moderado antes de ser publicado.

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *